terça. Vota ali na enquete que tá concorrido!

SLIP KNOT – VERMILLION 2
Discografia:

Álbuns de estúdio
Korn (1994)
Life Is Peachy (1996)
Follow The Leader (1998)
Issues (1999)
Untouchables (2002)
Take a Look in The Mirror (2003)
See You On The Other Side (2005)
Untitled (2007)

Álbuns ao vivo
Live & Rare (2006)
MTV Unplugged: Korn (2007)

Compilações
Greatest Hits Volume 1 (2004)

AYO - HELP IS COMING
YOU TUBE:
http://www.youtube.com/watch?v=TTdw2HjOr-Q
MY SPACE: http://www.myspace.com/ayo

MIKA - LOVE TODAY
Mika nasceu em Beirute, de pai norte-americano e mãe libanesa. O cara tem uma história sinistra. Filho do meio dentre cinco, Mika e a família viram-se a obrigados a deixar o seu país natal devido à situação de conflito e partiram para Paris quando ele tinha apenas um ano de idade e mudaram-se, novamente, desta vez para Londres, na altura dos seus 9 anos de idade, após o seu pai ter sido raptado no Kuwait durante a Guerra do Golfo. Em Londres, frequentou inicialmente o Lycées Français Charles de Gaulle, no entanto, devido ao seu problema de dislexia foi vítima de incompreensão por parte dos professores e vítima também de maus-tratos por parte dos seus colegas (bullying), fato que o levou a mudar para um colégio britânico.
O seu primeiro álbum e, em particular, o seu single Grace Kelly tem sido um sucesso. Há críticos que consideram a sua voz semelhante à de Freddie Mercury. A menina de vestido verde do vídeo "Grace Kelly" é filha da produtora desse mesmo vídeo. A produtora chama-se Sophie Muller e a filha, a menina do vestido verde, chama-se Holly Muller. A pessoa que faz a voz de criança na música "Lollipop" é prima dele.
A sua banda é composta por: Martin Waugh (guitarra e coro), Michael Choi (baixo e coro), Cherisse Osei (bateria), David Whitmey (teclado e coro) e Samantha Smith e Sara Skeete (Coros).
Durante cinco anos tentou em vão entrar no mercado da música. Com um estilo muito diferente e arrojado, diferente de tudo o que hoje em dia se vende, Mika foi, por várias vezes, rejeitado pelas gravadoras. Essa relação não tão boa com as editoras inspirou-o ao escrever a letra de "Grace Kelly", o seu primeiro vídeo de divulgação, onde ele critica a editora britânica à qual estava ligado, pelo fato desta, segundo ele, o querer a todo o custo moldar para um estilo mais comercial.
Excêntrico, em palco, e com um ritmo dançante, leva o público ao delírio quando aplica tons mais altos e agudos na sua voz.
Seu contacto com a música começou desde de cedo. Aos 11 anos já gravava publicidade e participou, a cargo da sua professora de música, numa ópera Die Frau ohne Schatten de Strauss. Devido à grande variedade de influências musicais que recebeu em toda a sua vida, Mika, tem hoje um reportório que se pode definir como uma mistura de todas essas influências. Desde Prince e Metallica, à música clássica que conhecera na ópera, passando pelos traços islâmicos trazidos do Médio oriente, em Mika reconhece-se toda esta variedade musical. No entanto o que mais encanta das características de Mika é a sua voz que se diz semelhante à de Freddie Mercury mas onde também se notam bastante bem imensas influências de Michael Jackson, principalmente em temas mais pausados como Any Other World, Happy Ending e Erase (tema que não saiu em Portugal).
Cantando desde temas melodramáticos (Erase), a ironias mais divertidas (Grace Kelly), as suas letras cantam a vida do ser mais comum ao contrário da maioria que, segundo ele, "só cantam histórias de amor, com meninas ricas e bonitas que andam em bons carros". Mika foi aclamado de A melhor revelação de 2007 e comprovando-o está o facto de ser apenas o segundo artista, desde sempre, a chegar ao lugar número 1 do Top 40 Britânico de vendas, apenas através de descarregamentos na internet.
No dia 15 de Abril Mika surpreendeu os seus fans com um concerto surpresa, em Los Angeles. Foram apresentadas quatro músicas (Blame It On The Girl, Blame It On The Boy/Clap Clap Song, Good Gone Girl, Toy Boy e Blue Eyes) que, em princípio, deverão constar no repertório do novo álbum que tem previsão de ser editado em Outubro de 2009.

THE BEATLES - HELLO AND GOODBYE
Discografia:
Beatlemania (1963)
Beatles Again (1964)
Os rêis do Iê-Iê-Iê (1964)
Beatles 65 (1965)

Álbuns de estúdio:
Please Please Me (Parlophone, 1963)
With the Beatles (Parlophone, 1963)
A Hard Day's Night (Parlophone, 1964)
Beatles for Sale (Parlophone, 1964)
Help! (Parlophone, 1965)
Rubber Soul (Parlophone, 1965)
Revolver (Parlophone, 1966)
Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (Parlophone, 1967)
Magical Mystery Tour (Capitol, 1967)
The Beatles ("The White Album") (Apple, 1968)
Yellow Submarine (Apple, 1969)
Abbey Road (Apple, 1969)
Let It Be (Apple, 1970)
YOU TUBE:
http://www.youtube.com/watch?v=tGUSSjB46xE

TALKING HEADS - AND SHE WAS
Banda musical surgida em Nova Iorque (EUA), no dia 8 de setembro de 1974, entre os movimentos punk e new wave. Liderada pelo guitarrista e vocalista David Byrne, a banda ganhou notoriedade por fundir o rock com inúmeros ritmos, inclusive os africanos.
O líder, guitarrista e vocalista do Talking Heads (David Byrne) nasceu em Dumbarton, Escócia, no dia 14 de maio de 1952, e além do trabalho com o grupo, compôs trilhas para artistas como Twyla Tharp e Robert Wilson, nomes da dança e do drama respectivamente, além do filme “O Último Imperador” (de 1987, realizado por Bernardo Bertolucci) pelo qual ganhou um Oscar. Também dirigiu o filme “True Stories” (de 1986) e produziu diversos álbuns de música caribenha e brasileira (incluindo trabalho com Tom Zé e Margareth Menezes), notadamente “Rei Momo” (de 1989) e um vídeo documentário sobre o candomblé chamado “The House of Life” (também de 1989). O grupo Talking Heads existiu de 1977 até 1991. O Talking Heads fez a sua criação com a mistura do punk, rock, pop, funk, intelectualismo, e no final da carreira, com a world music.

TOM PETTY - FREE FALLING
YOU TUBE:
http://www.youtube.com/watch?v=o8L9WSJi4hc

THE ROLLING STONES - HARLEM SHUFFLE
YOU TUBE:
http://www.youtube.com/watch?v=hOkIU8BCxgU

B 52'S – ROAM
Nos primeiros três anos, os B-52s tocam inicialmente em clubes, sendo o mais conhecido o Max's Kansas City. Dada a sua falta de conhecimentos musicais, chegam a utilizar gravações de guitarras e percussão. Em 1979 lançam o seu primeiro álbum The B-52s, marcado por ritmos dançantes, com humor e bizarrisse, do qual se destaca o tema Rock Lobster.
O segundo álbum Wild Planet lançado em (1980), segue a mesma linha do anterior. Em 1982, David Byrne, dos Talking Heads, trabalha como produtor com a banda, mas, após algumas sessões fracassadas, o grupo lança o EP Mesopotamia, que surge sem a parte do humor característico do grupo.
Whammy!, o terceiro álbum dos B-52s, lançado em 1983, mostra o grupo com uma nova sonoridade, mais electrônica.
O álbum seguinte, Bouncing Off the Satellites, editado em 1986, é marcado pela morte de Ricky Wilson, poucos meses antes do seu lançamento. A banda ressente-se desta perda, e só em 1989 volta com um novo trabalho, Cosmic Thing, que se torna o álbum de maior sucesso comercial do grupo, com êxitos como Love Shack, Roam e Deadbeat Club.
Em 1992, Cindy Wilson abandona a banda, e é como trio que os B-52s lançam Good Stuff. Cindy junta-se à banda em 1998, mas apenas para apoio da turnê da banda, na promoção do álbum de êxitos Time Capsule.
MY SPACE:
http://www.myspace.com/theb52s

CAKE - SHORT SKIRT LONG JACKET
Discografia:
"Motorcade of Generosity" (1995)
"Fashion Nugget" (1996)
"Prolonging the Magic" (1998)
"Comfort Eagle" (2001)
"Pressure Chief" (2004)
"B-Sides and Rarities" (2007)

Álbuns ao vivo
"Live at the Crystal Palace" (a ser lançado em 2008)
YOU TUBE:
http://www.youtube.com/watch?v=1dvOzEfGuFo

THE CLASH - TRAIN IN VAIN
Formado originalmente por John Mellor - vulgo Joe Strummer - (vocais, guitarra rítmica), Mick Jones (vocais, guitarra), Paul Simonon (baixo e vocais), Keith Levene (guitarra guia) e Terry Chimes - creditado no primeiro LP como "Tory Crimes" - (bateria), o Clash foi formado em Londres em 1976 durante a primeira leva do punk britânico. Strummer fazia parte dos The 101ers e Jones e Simonon da lendária banda de proto-punk London SS. Por influência do empresário Bernie Rhodes, Levene e Simonon recrutaram Strummer. Estava formado o Clash.
Keith Levene foi o guitarrista da banda neste começo, mas depois de 5 shows abandonou o grupo sob circustâncias ambíguas.
Depois do lançamento do primeiro álbum do Clash, Chimes foi substituído pelo baterista Topper Headon.
A banda ficou conhecida por sua visão extremamente esquerdista e pelas roupas que eles pintavam com slogans revolucionários. O primeiro show foi em 1976 como banda de apoio dos Sex Pistols, e então eles assinaram contrato com a CBS Records. O Clash lançou seu primeiro compacto ("White Riot") e seu primeiro álbum (The Clash) em 1977, alcançando sucesso considerável no Reino Unido. Apesar disso a CBS se recusou a lançá-los nos Estados Unidos, só o fazendo dois anos depois.
O sucesso e os vários álbuns esconderam os problemas, mas depois do lançamento de ‘’Combat Rock’’, a começou lentamente a se desintegrar. Topper Headon foi demitido devido à problemas com drogas, e o baterista original da banda, Terry Chimes, foi chamado de volta para a turnê seguinte. Depois da turnê ‘’Combat Rock’’ de 1982 ele saiu do Clash, convencido de que o grupo não duraria muito tempo com todas as brigas e desentendimentos. Em 1983, depois de uma longa busca por um novo baterista, Pete Howard foi recrutado e tocou com a formação original em alguns shows nos Estados Unidos.
Em setembro de 1983, Strummer e Simonon expulsaram Jones da banda, citando seu comportamento problemático e divergências musicais. Depois de uma série de testes, a banda contratou Nick Shepperd e Vince White, ambos com 23 anos, como seus novos guitarristas. Eles voltaram a se apresentar em janeiro de 1984, e no final do mesmo ano anunciaram que um novo disco estava a caminho.
Desiludidos com o álbum, Strummer levou o Clash para viajar pela Inglaterra e Escócia, tocando de graça em esquinas e bares. O grupo apresentou seus últimos shows em 1985. Enquanto isso, ‘’Cut The Crap’’ era lançado, sendo bombardeado pelas críticas e sofrendo vendas pífias.
É, uma trajetória complicada, cheia de altos e baixos, mas não podemos negar a maravilhosa herança deixada pela banda. Confere aí o som e muito mais no my space.
MY SPACE:
http://www.myspace.com/theclash

SOUL ASYLUM - RUNAWAY TRAIN
YOU TUBE:
http://www.youtube.com/watch?v=NNre5neZ6QI

BILLY IDOL - EYES WITHOUT A FACE
YOU TUBE:
http://www.youtube.com/watch?v=EXrWtcAiVJc

2 comentários:

Luiz Paulo Teló disse...

Esse é o programa de Quarta, Del Cueto... o de terça passou já!

Mazááá, The Clash. Bacana!

Eim eim eim

Estuda um Creedence pra rolar aí. E a nova da Cachorro também!

Valeu!

Abraçus

ROCK BLOG POP disse...

hahahaha
é verdade Luiz, já estou ficando velha e caduca !
Valeu.
bjs